Clínica de Medicina Endoscópica

Av. das Américas, 500 BL. 23 Sala 309
Shopping Downtown
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22640-100
Tels: (21) 3153-7990 3153-7719

Clique aqui e conheça a clinica >

Artigos ← Voltar para Artigos

» Cirurgias menos invasivas e custo reduzido - Avanços tecnológicos democratizam os serviços médicos

Os avanços tecnológicos na medicina em geral nos últimos anos, incluindo os novos equipamentos e medicamentos, estão proporcionando uma melhoria constante da qualidade de vida dos pacientes, e uma redução na mortalidade. Segundo o médico, José Alexandre Portinho, mestrado e doutorado em ginecologia, diretor da Clínica de Medicina Endoscópica, estima-se que os custos de internação e das cirurgias cairão mais nos próximos anos, beneficiando mais pessoas, democratizando os benefícios da medicina. "Em alguns casos, a sobrevida aumenta praticamente o tempo todo", afirma Portinho.

Vários métodos de investigação de doenças continuam sendo descobertos, nike pas cher  possibilitando o diagnóstico de lesões iniciais que quando tratadas imediatamente impedem a progressão e oferecem cura completa. Este é o caso, por exemplo, dos tumores de útero e mama, cujas vítimas já não estão mais condenadas à morte.

Para o especialista, os métodos cirúrgicos continuarão sendo cada vez menos invasivo,ugg pas cher  possibilitando que os pacientes que antes ficavam internados em hospital por vários dias, agora fiquem somente por algumas horas. "Em muitos casos, as cirurgias são realizadas com um corte  fifa coins mínimo que cicatriza e fica imperceptível como é o caso da videolaparoscopia e vídeohisteroscopia", explica.

Com a evolução das técnicas a recuperação das pacientes dar-se-á cada vez mais rapidamente, ressalta Portinho. Esse fato entende o médico, deverá  nike tn  facilitar a vida dos administradores dos hospitais, que poderão dispor de mais horas de leitos ugg australia por mês, uma vez que seguirá caindo o tempo da permanência dos pacientes.

Outra tendência evidenciada pelos avanços científicos e da tecnologia, é a do tratamento dar-se cada vez mais na casa do paciente ou nos ambulatórios e consultórios, inclusive para algumas das doenças hoje classificadas como das mais graves. Este fato reduzirá as estatísticas da contaminação hospitalar, hoje um flagelo para pacientes, familiares, médicos e profissionais da enfermagem.

Apesar da tecnologia médica para os procedimentos cirúrgicos estar sofisticando-se a todo momento, o avanço não está significando obrigatoriamente aumento nos custos dos equipamentos. Muito pelo contrário. Há uma tendência de queda nos preços dos novos equipamentos tecnologicamente de ponta.

Segundo o médico, quando o paciente utiliza os novos equipamentos para diagnóstico de doenças em fases iniciais tende a reduzir os custos com os tratamentos. Se a população tiver a consciência de procurar o médico para prevenção ou mesmo no início de uma doença, poderá revolucionar a medicina a ponto de mudar a maneira como atuam os planos de saúde, que ainda excluem algumas doenças do atendimento aos clientes que fake watches, replica omega pagam mensalidades menores. "Com a participação das pessoas na prevenção de doenças e a prática de hábitos de vida saudável poderá em breve, reduzir os custos a tal ponto que não mais se justificarão as exclusões de algumas doenças", afirma. Para ele, todo esse desenvolvimento na área médica é de grande importância, e as pessoas que estão tendo acesso aos novos métodos de diagnóstico e tratamento, apresentam aumento na expectativa de vida e uma melhora na qualidade de saúde.

Dr. José Alexandre Portinho
www.mulhersaude.com.br
faleconosco@mulhersaude.com.br
Tel.: (21) 3153-7990